A importância da motivação das equipes de vendas

10 Oct 2019

Para que uma empresa consiga bons resultados, é imprescindível que ela tenha, em paralelo, uma equipe de vendas que esteja motivada.

Levando em conta que uma empresa é feita de pessoas e processos, seu sucesso é mérito de seus funcionários. Quando a equipe não está alinhada e motivada, tanto a produtividade quanto o lucro caem. A fim de evitar resultados negativos, é importante que todas as equipes estejam em sintonia entre si e com o rumo dos planejamentos estratégico e tático da empresa.

Além disso, todos os colaboradores precisam ter consciência da importância do foco no cliente, que passou a ser a prioridade das empresas. Nesse sentido, é significativo, e muitas vezes decisivo, não só conhecer seu cliente a fundo, levando em conta suas necessidades e preocupações, como também fazê-lo sentir informado, valorizado e amparado. Dessa forma, a relação cliente-empresa se mantém proveitosa e consegue caminhar para seu objetivo.

É interessante, também, que os líderes criem campanhas e premiações para desafiar e estimular os colaboradores porque, além de darem retornos financeiros, elas ajudam a criar sinergia na equipe e aumentam a satisfação dos clientes. Para isso, pense em um desafio simples que seja de fácil entendimento, graduado com metas periódicas e alcançáveis para não desanimar a equipe.

Tendo isso em vista, é notória a importância não só do processo de manter essa harmonia dinâmica, como também do papel do gestor de vendas, responsável por esse desenvolvimento. Em decorrência das incumbências desse cargo, surge o maior desafio do gestor: continuamente buscar formas de criar ações que possam ser reproduzidas e repetidas para os demais clientes.

É necessário que esse profissional deixe de lado o hábito de pensar somente no sell in, a quantidade de vendas de uma empresa para o elo seguinte da cadeia de valor (as vendas de uma empresa para um distribuidor, por exemplo). É preciso, também, criar ações de sell out, a quantidade de vendas feita pelo segundo elo da cadeia de valor (as vendas do distribuidor para o consumidor final, por exemplo), porque são essas medidas que irão garantir os próximos pedidos e aumento do mix de produtos.

Efetivar isso é um árduo desafio, mas é preciso desenvolver e aprimorar esse olhar crítico diariamente para que a empresa alcance o sucesso. O êxito corporativo não é medido apenas por bons resultados financeiros, mas também por um ambiente de trabalho saudável.

Rafael Ferreira

Gerente comercial da Montana Química Ltda.

blog comments powered by Disqus