Como evitar o efeito amarelado no seu acabamento

Como evitar o efeito amarelado no seu acabamento

A madeira é bastante utilizada para a construção de móveis, objetos e muitos outros projetos por conta de sua durabilidade. No entanto, dependendo do acabamento aplicado, o seu aspecto natural pode receber um leve tom de amarelamento, devido a aplicação do acabamento. Com isso, podem surgir diversas dúvidas sobre como evitar o efeito amarelado no acabamento da madeira, principalmente, porque muitas vezes ela é utilizada para decoração e, portanto, a sua aparência é importante.

 

Evitar o efeito amarelado no acabamento da madeira: Saiba como!

Por se tratar de um material natural, a madeira é porosa e se adapta às condições de temperatura e umidade do ambiente em que está inserida, podendo absorver tudo que entra. Sem um acabamento adequado, portanto, ela pode secar, rachar, perder seu tom natural e se deteriorar.

Por isso, existem diferentes produtos que podem ser utilizados, como o verniz e o stain. Eles foram desenvolvidos não só para dar acabamento nas peças, mas também oferecer um certo nível de proteção contra a ação do tempo. 

Contudo, algumas coisas devem ser levadas em consideração para evitar o efeito amarelado no seu acabamento. Afinal, quando se fala em amarelecimento, estamos nos referindo à tonalidade que a madeira assume após a aplicação do acabamento.

Esses diferentes tons podem ser causados por conta da quantidade de filtro solar que os produtos possuem. Sim, é isso mesmo! Quanto mais filtro solar, mais amarelado será o acabamento.

Dito isso, confira a seguir algumas dicas e o que levar em consideração para evitar o efeito amarelado no seu acabamento:

 

Preparo antes da aplicação

Se você quer saber como ter um acabamento natural sem aspecto amarelado, tenha em mente que, antes de mais nada, existem alguns cuidados que devem ser tomados.

Por exemplo, a madeira deve ser lixada por completo para o preparo da superfície. Essa é uma das partes mais importantes, porque abre os poros do material e facilita a preparação do acabamento. Além de ajudar a evitar também o aspecto arrepiado da madeira.

Para tanto, é recomendado o lixamento da madeira em 3 fases, o que dá o melhor resultado. Para iniciar, você pode utilizar uma lixa grão 150, que é a mais grossa. Então, a 180 que é a média, e a 220, que é a mais fina.

Não se esqueça, contudo, de fazer a remoção do pó entre os lixamentos, pois assim evita que os resíduos atrapalhem nas próximas etapas.

E, mesmo se a madeira for nova e sem acabamento, é fundamental que ela seja lixada. Ainda, se tiver alguma rachadura, é possível fazer a correção com a massa para madeira, que corrige as imperfeições, antes de lixar. A sua aplicação é bem simples, é só utilizar uma espátula de plástico ou aço e fazer o preenchimento.

Caso o local a ser preenchido seja muito grande e fundo, a dica é preencher em camadas finas e com intervalos de 30 minutos entre cada uma delas. Ao final, é só aguardar 24 horas para secagem completa e então fazer o lixamento.

 

O tipo e o tom da madeira

Vale ressaltar, ainda, que a percepção desse amarelecimento também varia dependendo do tom da madeira. Neste contexto, as madeiras com nuances avermelhadas, amareladas ou alaranjadas podem intensificar esse efeito e realçar as cores naturais do substrato.

Já as madeiras de base mais clara tornam o efeito amarelado mais pronunciado. Portanto, se você quer evitar o efeito amarelado no seu acabamento, é necessário levar isso em consideração e evitar superfícies de pinus e eucalipto, por exemplo.

Por sua vez, os substratos mais escuros inibem um pouco a identificação do tom amarelado. Assim, você pode dar preferência para as madeiras cumaru e tabaco.

Além disso, se a madeira for resinosa, você pode precisar ainda de mais um produto, que é o Isolare Isolante Preparador da Montana. Isso porque esse tipo de madeira possui uma espécie de óleo que pode impedir a secagem do acabamento, causar manchamento e diminuir a sua durabilidade. 

Então, esse produto atua de forma a bloquear o óleo. Normalmente, ele é indicado como fundo para o Stain Osmocolor e, no caso dos vernizes da Montana, somente quando utilizamos dentro de casa. Após a sua aplicação, recomenda-se esperar 3h para a secagem. Só aí, na sequência, é que pode ser feita a aplicação da primeira demão do acabamento.

 

A escolha do stain ou verniz

Para evitar o efeito amarelado no seu acabamento, a escolha do stain ou do verniz também é uma etapa importante. Afinal, os produtos indicados para uso interno não possuem filtro solar, não deixando o tom amarelado na superfície. Já os produtos com filtro solar, indicados para ambientes externos, podem causar esse efeito amarelado.

Para esse tipo de aplicação, o Stain Osmocolor incolor UV glass da Montana é uma possibilidade. Ele tem filtro solar, ação fungicida e é hidrorrepelente. Também não tem cor, mas vai realçar a cor da madeira, dando o famoso aspecto molhado para a sua superfície.

E, como ele não forma película, então é possível manter a textura da madeira. 

 

Conte com a Montana!

A Montana Química é uma empresa especialista quando o assunto é tratamento, proteção, preservação e acabamento de madeira. Com uma ampla linha de produtos para uso profissional, industrial, doméstico e limpeza pesada, fica ainda mais fácil evitar o efeito amarelado no acabamento da madeira. Para saber mais ou comprar nossos produtos, acesse o nosso site e confira a loja mais próxima de você!

Newsletter

Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento. Para isso, consulte nossas informações de contato em declaração legal.

tintas

Montana Química © 2020 - Todos os direitos reservados.

Criação de Sites: exceler