Controle de qualidade: um produto excelente é só o começo

9 Apr 2019

“O que é qualidade?” Se fizermos essa pergunta para um grupo de pessoas, pode-se dizer que a grande maioria vai atrelar esse conceito a uma característica de produto, como durabilidade, facilidade de uso e confiabilidade.

Qualidade, porém, é muito mais do que “qualidade de produto”, uma vez que o consumidor não se limita a comprar um bem material. Ao pagar por um produto ou serviço, ele está buscando, na verdade, um benefício.

Na prática, é fácil perceber essa diferença. Imagine uma empresa com um portfólio excelente de produtos, mas, quando há um pedido, manda ao cliente o produto A em vez do B; ou erra na quantidade do pedido; ou encaminha o material fora do prazo.

Por melhor que seja o produto, todos os processos internos da empresa devem atender a diretrizes rígidas para a garantia da qualidade do atendimento ao cliente.

Diante desse cenário é de suma importância que as empresas possuam uma área da Qualidade estruturada e qualificada.

Como conceito, controle de qualidade é uma inspeção/verificação com o objetivo de garantir que determinado produto, serviço ou processo está dentro da especificação (ou certificação).

Na Montana Química, 100% dos lotes produzidos passam pelo controle de qualidade em dois laboratórios. Se aprovado, o produto é liberado para envase. Se reprovado, é reavaliado, corrigido e testado novamente.

Como explicado acima, porém, a qualidade não se mede apenas nos produtos. A Montana conta com um processo específico e padronizado de monitoramento de entregas, com indicadores e metas temporais. Faz análise diária de reclamações e sugestões a partir de seu SAC (Sistema de Atendimento a Consumidor). Realiza pesquisa anual de satisfação dos clientes, que analisam toda a cadeia de consumo, do atendimento inicial ao pós-venda.

As responsabilidades não param por aí. A Montana Química tem a “Certificação ABNT NBR ISO-9001:2015”, que atesta que a empresa aplica em seus processos padrões de gestão e de qualidade, estabelecendo relação de confiança com seus clientes. A certificação, renovada no ano passado, exige uma série de auditorias internas e externas para assegurar os padrões da qualidade.

A Montana também trabalha com um sistema de gestão integrada envolvendo Qualidade, em Segurança do Trabalho e Meio Ambiente e Regulatórios, com o objetivo de manter a integridade física de seus colaboradores, analisar riscos em todo o processo de produção e manter-se adequada a todas as legislações nacionais e internacionais sobre segurança do trabalho e ambiental.

A qualidade é, portanto, um processo amplo e constante, que exige ampla capacidade técnica, sintonia entre departamentos, envolvimento de colaboradores e, claro, participação dos clientes e partes interessadas.

 

Dirceu Vieira Junior,

Gerente de qualidade e compliance da Montana Química Ltda.

blog comments powered by Disqus