5 erros comuns na pintura de madeira e como evitá-los

5 erros comuns na pintura de madeira e como evitá-los

A pintura de madeira é uma forma prática e eficiente de renovar móveis, como mesas, guarda-roupas e estantes, por exemplo, e estruturas tais como portas, janelas, decks de piscinas, entre outras, tanto em ambientes internos quanto em ambientes externos.

Mas, na hora de fazer a aplicação do produto, existem alguns erros que podem prejudicar a fixação da tinta e a qualidade do acabamento. Se você trabalha com pintura profissional ou está pensando em renovar alguma peça de madeira da sua casa, confira nossas dicas.

Pintura de madeira: quando fazer e quais as vantagens?

O uso da madeira está presente na construção civil desde os tempos mais longínquos. Nos projetos de arquitetura e decoração, a presença da matéria-prima também é constante e traz importantes benefícios, como beleza, isolamento térmico e versatilidade.

Seja para dar personalidade às peças novas ou para renovar superfícies antigas, a pintura de madeira é uma excelente opção para modificar a decoração e o ambiente. No entanto, além de remover pinturas e acabamentos anteriores, é preciso evitar alguns erros.

Não lixar a superfície

O lixamento da superfície, principalmente em madeiras envelhecidas, é fundamental para retomar a tonalidade e a textura naturais do substrato. Assim como a aplicação de massa, como explicado a seguir, lixar a madeira é fundamental para a qualidade da pintura.

Não utilizar massa para madeira

A massa para madeira é ideal para corrigir, retocar e nivelar pequenas trincas e rachaduras superficiais. Ao restaurar a textura natural da madeira, é possível melhorar a fixação da tinta e garantir um acabamento de qualidade para a pintura.

Não limpar a superfície antes da pintura

Após a preparação da superfície, que consiste em lixar e aplicar massa específica, é fundamental limpar a superfície. Afinal, a presença de resíduos de poeira e outros tipos de sujeira podem atrapalhar a fixação da tinta e deixar o acabamento craquelado.

Não escolher a tinta adequada

Na hora de selecionar a tinta para pintura de madeira, é necessário considerar alguns fatores. Por exemplo: considere se a aplicação será feita em ambiente interno ou externo e escolha o tipo de acabamento desejado (brilhante, acetinado ou fosco).

Não esperar a tinta secar

Respeitar o prazo de secagem, seja entre demãos ou total, é extremamente importante quando o assunto é aplicação de tinta em superfícies de madeira. Dessa forma, é possível evitar que respingos e bolhas não deixem o acabamento da pintura tão bonito.

Seguindo essas dicas e fazendo uso dos equipamentos e produtos adequados, é possível garantir que a pintura de madeira tenha um excelente e durável acabamento e possibilite a renovação de peças e ambientes de maneira prática e eficiente.

Consiga um acabamento perfeito com a Montana

Se você quer garantir um acabamento perfeito para projetos de pintura de madeira, saiba que os produtos Montana são ideais para garantir a proteção, a preservação, o tratamento e o acabamento do substrato. Consulte o nosso catálogo completo e escolha a melhor opção.

Newsletter

Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento. Para isso, consulte nossas informações de contato em declaração legal.

tintas

Montana Química © 2020 - Todos os direitos reservados.

Criação de Sites: exceler